Noticias

LANÇAMENTO DO PROGRAMA DSSR+

51828276_2022700081184531_149476041700671488_o

Resultados preliminares do último censo realizado em 2017 estimaram a população total de Moçambique em 28. 861. 863 milhões de habitantes. Destes, 20.226.296 habitantes são jovens de ambos os sexos.
Sendo a população moçambicana na sua maioria jovem, estes ocupam um papel primordial na aceleração do crescimento demográfico no país.
É neste quadro que a AMODEFA tem vindo a operar no sentido de contribuir para o incremento e expansão dos esforços do governo na provisão dos serviços de Saúde Sexual reprodutiva e Direitos (SSRD) e apostando na educação e comunicação contínua de, para e com adolescentes e jovens e a população no geral.
Desta feita, realizou-se no dia 01 de Fevereiro, o lançamento o Programa DSSR+, uma iniciativa da AMODEFA, com apoio da IPPF e parceiros Governamentais. O Programa DSSR+ é uma extensão do Programa Geração Biz (PGB), inovador, que visa contribuir no empoderamento dos adolescentes e jovens para que tenham o controlo das suas vidas através da expansão dos Direitos à Saúde Sexual e Reprodutiva em todas as províncias e distritos de Moçambique.

O programa será implementado em parceria com os Ministérios da Saúde, Educação e Desenvolvimento Humano, Género, Criança e Acção Social e, Juventude e Desportos. A abordagem do projecto DSSR+ é simples e inovadora, visto que a mesma pretende por um lado dar continuidade a abordagem do Programa Geração Biz (PGB) e por outro, integrar novos elementos que respondam as necessidades actuais não satisfeitas dos jovens.

Read more...

XIX ASSEMBLEIA GERAL ORDINÁRIA DA AMODEFA

51356331_2022347264553146_5868469422913486848_n

A Sede da AMODEFA, Cidade de Maputo acolheu no dia 02 de Fevereiro corrente, a XIX Assembleia-Geral Ordinária da organização.

Na magna reunião, foram aprovados os Relatórios Programáticos e Financeiro de 2017 e 2018, o Relatório do Conselho Fiscal, o Plano de Actividades e Orçamento de 2019 e ainda foi feita a integração, nos Órgãos Sociais, de mais dois membros que preencheram dessa forma as vacaturas existentes desde a Assembleia Geral Eleitoral realizada em 2017, nomeadamente, Secretário da Mesa da Assembleia Geral e Vogal de Conselho Fiscal.

Read more...

AMODEFA, 30 ANOS PROMOVENDO E LIDERANDO O DIREITO À SAÚDE SEXUAL E REPRODUTIVA

51883749_2022649384522934_6077067274286530560_o

Maputo Cidade acolheu nos dias 28 de Janeiro à 02 de Fevereiro, a semana de abertura das actividades comemorativas que marcam os 30 anos da AMODEFA (Associação Moçambicana para o Desenvolvimento Família):
Assembleia Nacional do Youth Action Moviment – Movimento de Acção Juvenil (YAM/MAJ), braço direito da AMODEFA e da IPPF, o qual agrega jovens vindos de diferentes províncias de Moçambique, unidos por uma causa em comum, a cidadania e protagonismo Juvenil.

Realizada no dia 28 de Janeiro, a Assembleia do MAJ foi eletiva, da qual como resultado final foram eleitos: Márcia Jorge Mandlate – Presidente Nacional do YAM; Simão Artur Uamba – Vice-presidente Nacional; Marta Mahumane – Secretária Nacional e; Paulo Manganhela – Tesoureiro Nacional.

Read more...

AMODEFA recebeu visita do Parlamento Juvenil

Durante a semana finda, o qual pretendia colher experiência sobre o trabalho com Adolescentes e Jovens em SSR, com foco a componente clínica, na prestação de Serviços aos Adolescentes e Jovens, “Viemos a AMODEFA, por reconhecermos o trabalho que desenvolve e a sua experiência nessa area” afirmou a Gestora de Programas do PJ.

Read more...

Decorre em Nova Iorque, a sessão da Comissão das Nações Unidas para População e Desenvolvimento

AMODEFA, representada pelo Director Executivo, Santos Simione, durante a sessão, o foco é para a questão dos Dividendos Demográficos tendo em conta na mudança da Estrutura Populacional no Mundo como factor que pode resultar no aceleramento do desenvolvimento. Fazendo sua ligação com a migração e os Casamentos Prematuros, Planeamento Familiar, entre outros aspectos importantes para o alcance dos Objectivos do Desenvolvimento Sustentável. Há uma necessidade de investir-se na Educação da nova Geração, em matérias de Saúde,em especial, em Saúde Sexual e Reprodutiva para Adolescentres e Jovens e ainda, no acesso ao Emprego e Segurança.

Read more...

Celebra-se anualmenete, 24 de Março, dia Mundial do combate à Tuberculose

A tuberculose é uma doença infectocontagiosa que afecta, em particular os pulmões, mas também pode afectar os ossos, rins e meninges (membranas que envolvem o cérebro). Pessoas HIV/SIDA positivo, com diabetes, insuficiência renal crônica, desnutridas, idosos doentes, alcoólatras, dependentes de drogas e fumantes são mais propensos a contrair a tuberculose. Moçambique é um dos 22 Países uma carga maior da Tuberculose, em todo o Mundo.

Em resposta a situação, a AMODEFA está a implementar um projecto de reforço de colaboração para uma resposta melhorada ao HIV/SIDA e Tuberculose (DOTS), em Moçambique, através de uma parceria entre o Governo e a FDC. No âmbito das celebrações alusivo ao dia Mundial do Combate à Tuberculose, o DOTS evento de sensibilização as comunidades, com a participação do Governo e líderes locais, onde foram honrados diferentes activistas envolvidos no trabalho .

Read more...

Dia Global de Acção pelo acesso ao Aborto Seguro

Celebrou-se no 28 de Setembro, o dia Global de Acção pelo acesso ao Aborto Seguro, que constitui um dos Direitos da Rapariga e da Mulher. Para celebrar o dia, no âmbito da Rede dos Direitos Sexuais e Reprodutivos, AMODEFA dirigiu-se hoje, ao Hospital Distrital da Manhiça, onde decorreu uma actividade que teve momento de reflexão sobre o Aborto, peça teatral, exposição de material IEC e apresentação de diferentes histórias sobre o Aborto Inseguro e suas consequências, assim como sobre o Aborto Seguro. A celebração contou ainda com um concurso sobre prática e acesso ao Aborto Seguro em Moçambique. Ainda no âmbito da Celebração do 28 de Setembro, a Rede dos Direitos Sexuais e Reprodutivos, na qual AMODEFA faz parte, organizou um workshop que envolveu membros da Rede a nível Central e Nacional, autoridades de Saúde e, convidados. Onde foram apresentados diversos temas sobre o acesso ao Aborto Seguro como: Normas clínicas; Regulamento; Estudo comparativo sobre conhecimentos e atitudes dos provedores de saúde e lideranças comunitárias sobre o Aborto; Apresentação sobre as grandes realizações das Redes Provínciais e; Apresentação sobre as grandes realizações da Rede de DSR central. Diante as apresentões feitas vimos que ainda não existe a regulamentação em relação ao Aborto em Moçambique, as OSC devem ser o maior parceiro do MISAU para a Regulamentação do Aborto e, apoiar na difusão da informação correcta sobre o Aborto e, na diminuição dos índices do Aborto. Segundo a avaliação feita sobre o conhecimento e atitudes sobre o Aborto, demonstra-se que a vergonha e a discriminação continuam sendo um problema em relação ao Aborto.

Read more...

A ESPOSA do Presidente da República

Maria da Luz Guebuza, foi ontem entronizada pela AMODEFA (Associação Moçambicana para o Desenvolvimento da Família) devido à sua liderança na promoção do planeamento familiar, saúde sexual e reprodutiva, instrumentos-chave para a redução da mortalidade materna e infantil, numa cerimónia que decorreu nos espaços do Conselho Municipal da cidade de Maputo.Num ambiente de festa, dança e música, foi oferecido à primeira-dama um certificado, quadro, estatueta de cristal, vela e cheque de um metical. Para a AMODEFA, o valor do cheque significa que a solidariedade, a luta, a dedicação e entrega da Maria da Luz Guebuza à causa da mulher não têm preço. Com a vela, aquela organização pediu a esposa do Presidente da República para que mantenha a chama acesa de modo a servir de luz, orientação e inspiração para os jovens.

Segundo a AMODEFA, a esposa do Presidente da República contribui, entre outras acções, na busca da vacina contra o cancro do colo do útero que já está a ser administrada no nosso país, ainda que na fase piloto.“A cerimónia revela incontestavelmente o contributo da mamã Maria da Luz Dai Guebuza no combate aos males sociais que ainda grassam a nossa sociedade”, referiu, na ocasião, Lucília Hama, governadora da cidade de Maputo.Lucília Hama apontou os casos de casamentos prematuros, violência doméstica e praticada contra idosos, morte de mulheres no parto, prostituição e trabalho infantil, como sendo alguns problemas sociais que minam o desenvolvimento não só de Maputo, mas de todo o país.Falando após ser homenageada, Maria da Luz Guebuza disse que recebe a missão de ser patrona da saúde sexual e reprodutiva, planeamento familiar num momento nobre da AMODEFA, pois completou este mês 25 anos de sua existência. A acrescentou ainda que se empenhará para cumprir com êxito a missão que lhe foi confiada por aquela organização da sociedade civil moçambicana.

Segundo Maria da Luz Guebuza, o Governo de Moçambique dá atenção especial à saúde sexual e reprodutiva, criando condições para assegurar informação, serviços de saúde aos moçambicanos para evitar gravidezes indesejadas, através do planeamento familiar, bem como condições para que as mulheres tenham partos seguros.

Read more...

AMODEFA conta com novo Director Executivo

Trata-se de Santos Simione, que foi recentemente apresentado numa reunião com o pessoal, pela Presidente do Conselho de Direcção, Doutora Ester Mussá Silveira, que considerou ser uma honra contar com Santos Simione no quadro do pessoal da AMODEFA. Em conversa com Santos Simione, a nossa equipa apurou que para ele, trata-se de uma oportunidade ímpar trabalhar para AMODEFA. Aliás, a associação com a qual já vinha a se relacionar desde 2006, Santos Simione disse ainda, esperar responder convenientemente ao cargo a que foi incumbido.

Pouco antes do início das suas funções, Santos Simione participou na Reunião Anual do Conselho Regional da IPPF bem como da Assembleia Geral da ACEMAAR (Associação dos Directores Executivos das Associações membros da IPPF), nos quais foram abordados assuntos relacionados com a nova expectativa do IPPF 2016-2022, além d apresentação dos relatórios e planos da ACEMAAR referente a 2014 e 2015, respectivamente. Lembre-se que a AMODEFA teve que melhorar o seu desempenho em diferentes níveis para ser acreditada como membro de pleno direito do IPPF, eleita no ano de 2010.

Santos Simione disse acreditar que o maior desafio é conseguir manter-se como membro de pleno direito do IPPF, assim como manter a sua posição de forma satisfatória como centro de aprendizagem para os Países da África Austral, em matéria de Saúde Sexual e Reprodutiva.

Read more...

AMODEFA promove saúde sexual e reprodutiva para os artistas do FESTCOM

Arrancou no dia 01 Agosto, a III edição do Festival de Dança Contemporânea, organizado pela Associação Cultural Kuthlanga em coordenação com o movimento Kupaluxa, com apoio e participação da AMODEFA, entre outros parceiros. A AMODEFA participa do evento, tendo já ministrada uma sessão, no dia 05 de Agosto, pelas 15h, na Escola de Comunicação e Arte (ECA), com o tema: Como se prevenir das doenças sexualmente transmissíveis no ambiente artístico. Sob a orientação do Artista (Disck Jockey), e também Oficial de Juventude na AMODEFA, Sr. Estêvão Jacinto Marrima, conhecido nos meandros artísticos por Dj Való, quem afirmou que é importante que os artistas estejam atentos sobre as doenças de transmissão sexual, uma vez que esses, na sua maioria são as pessoas que mais têm a vida corrida, de um ponto para outro, onde se sujeitam a constantes contactos com todo tipo de público, com diversas tendências, comportamentos, exposições e vulnerabilidades. São várias doenças que adquirimos através do contacto sexual, embora não seja somente necessário que haja penetração para tal. Em algumas situações, quando em contacto com o sangue contaminado em alguma ferida do nosso corpo, podemos adquirir a doença.

Segundo Estevão, apresentar essas doenças aos artistas e participantes do debate, não é com objectivo de criar medo da vida sexual, mas sim, é na expectativa de torná-los mais atentos aos cuidados com a saúde sexual e reprodutiva. Para Estevão, importa que os artistas estejam conscientes de todo tipo de relação que desenvolvem, e que adoptem comportamentos responsáveis, tais como uso da camisinha, abstenção ao sexo, quando assim o decidirem, que sejam fiéis aos seus parceiros e usem a arte que é por excelência o seu maior forte, para comunicarem aos seus seguidores em relação ao Planeamento Familiar, Saúde e Direitos Sexuais e Reprodutivos, Direitos Humanos, Género, entre outras temáticas que contribuem para o desenvolvimento da Sáude. Juntos pela valorização da vida e promoção da cultura. AMODEFA promove saúde sexual e reprodutiva para os artistas do FESTCOM Arrancou no dia 01 Agosto, a III edição do Festival de Dança Contemporânea, organizado pela Associação Cultural Kuthlanga em coordenação com o movimento Kupaluxa, com apoio e participação da AMODEFA, entre outros parceiros.

A AMODEFA participa do evento, tendo já ministrada uma sessão, no dia 05 de Agosto, pelas 15h, na Escola de Comunicação e Arte (ECA), com o tema: Como se prevenir das doenças sexualmente transmissíveis no ambiente artístico. Sob a orientação do Artista (Disck Jockey), e também Oficial de Juventude na AMODEFA, Sr. Estêvão Jacinto Marrima, conhecido nos meandros artísticos por Dj Való, quem afirmou que é importante que os artistas estejam atentos sobre as doenças de transmissão sexual, uma vez que esses, na sua maioria são as pessoas que mais têm a vida corrida, de um ponto para outro, onde se sujeitam a constantes contactos com todo tipo de público, com diversas tendências, comportamentos, exposições e vulnerabilidades. São várias doenças que adquirimos através do contacto sexual, embora não seja somente necessário que haja penetração para tal. Em algumas situações, quando em contacto com o sangue contaminado em alguma ferida do nosso corpo, podemos adquirir a doença. Segundo Estevão, apresentar essas doenças aos artistas e participantes do debate, não é com objectivo de criar medo da vida sexual, mas sim, é na expectativa de torná-los mais atentos aos cuidados com a saúde sexual e reprodutiva.

Para Estevão, importa que os artistas estejam conscientes de todo tipo de relação que desenvolvem, e que adoptem comportamentos responsáveis, tais como uso da camisinha, abstenção ao sexo, quando assim o decidirem, que sejam fiéis aos seus parceiros e usem a arte que é por excelência o seu maior forte, para comunicarem aos seus seguidores em relação ao Planeamento Familiar, Saúde e Direitos Sexuais e Reprodutivos, Direitos Humanos, Género, entre outras temáticas que contribuem para o desenvolvimento da Sáude. Juntos pela valorização da vida e promoção da cultura.

Read more...