Blog

A ESPOSA do Presidente da República

Maria da Luz Guebuza, foi ontem entronizada pela AMODEFA (Associação Moçambicana para o Desenvolvimento da Família) devido à sua liderança na promoção do planeamento familiar, saúde sexual e reprodutiva, instrumentos-chave para a redução da mortalidade materna e infantil, numa cerimónia que decorreu nos espaços do Conselho Municipal da cidade de Maputo.Num ambiente de festa, dança e música, foi oferecido à primeira-dama um certificado, quadro, estatueta de cristal, vela e cheque de um metical. Para a AMODEFA, o valor do cheque significa que a solidariedade, a luta, a dedicação e entrega da Maria da Luz Guebuza à causa da mulher não têm preço. Com a vela, aquela organização pediu a esposa do Presidente da República para que mantenha a chama acesa de modo a servir de luz, orientação e inspiração para os jovens.

Segundo a AMODEFA, a esposa do Presidente da República contribui, entre outras acções, na busca da vacina contra o cancro do colo do útero que já está a ser administrada no nosso país, ainda que na fase piloto.“A cerimónia revela incontestavelmente o contributo da mamã Maria da Luz Dai Guebuza no combate aos males sociais que ainda grassam a nossa sociedade”, referiu, na ocasião, Lucília Hama, governadora da cidade de Maputo.Lucília Hama apontou os casos de casamentos prematuros, violência doméstica e praticada contra idosos, morte de mulheres no parto, prostituição e trabalho infantil, como sendo alguns problemas sociais que minam o desenvolvimento não só de Maputo, mas de todo o país.Falando após ser homenageada, Maria da Luz Guebuza disse que recebe a missão de ser patrona da saúde sexual e reprodutiva, planeamento familiar num momento nobre da AMODEFA, pois completou este mês 25 anos de sua existência. A acrescentou ainda que se empenhará para cumprir com êxito a missão que lhe foi confiada por aquela organização da sociedade civil moçambicana.

Segundo Maria da Luz Guebuza, o Governo de Moçambique dá atenção especial à saúde sexual e reprodutiva, criando condições para assegurar informação, serviços de saúde aos moçambicanos para evitar gravidezes indesejadas, através do planeamento familiar, bem como condições para que as mulheres tenham partos seguros.

Share this post

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *