Monthly Archives - Março 2014

Será que é fácil falar o ser jovem nos dias de hoje?

Ser Jovem hoje não significa não ter personalidade própria, ou dar ouvidos as tantas asneiras no dia a dia e considerá-las ” o máximo” e ainda achar que isso é algo de extrema importância para vida; Você que é Jovem, se deixar impressionar com a tecnologia e com as subitas mudanças de habitos e custumes sociais, com tanta facilidade e não procurar perceber que por detrás de tanto benefício se esconde tantas armadilhas capazes de destruir completamente o modelo de vida ideal onde se possa preservar, viver a moral e os bons costumes de uma sociedade sã, está muito enganado;

Você Jovem que se torna “Maria-vai-com-as-outras” sob todos os aspectos da vida, congelando e até mesmo atrofiando o próprio raciocínio, tornando-se dependente das idéias alheias e incapaz de produzir pensamentos e conclusões genuinamente próprios; Você Jovem que banaliza a instituição chamada FAMILIA colocando-a em último plano na escala sentimental, colocando o seu coração principalmente nos “amigos,” no dinheiro e nos “Tshiling e divertimentos” (passagens de ida sem volta);

Você Jovem que tornar-se refém do capitalismo em sua forma mais hipinótica, acatando às suas ordens de se despir da racionalidade e tranformar-se em um ser compulsivamente materialista em troco de um celular ou cabelo Brasileiro; Você Jovem quer correr a busca da estabilidade – que é normal – mas sem notar que esse próprio capitalismo transformou a educação num objecto de consumo tão comum que hoje ela é traduzida num diploma tão desvalorizado, porém de custo tão superfaturado e o seu portador tão desqualificado e despreparado e quepode terminar com uma gravidez e ou uma infecção do HIV/SIDA e um arrepedimento sem volta. Saiba que ser jovem hoje, não é se considerar o mais importante de todos, o rei do pedaço, sem perceber que lá no fundo não passa de um Zé-Ninguém ou uma maria vai com todas. Portanto, ser jovem hoje é ser você próprio e com raízes de um mesmo ideal da sua família ancestral e vontade própria de vencer na vida e sobretudo NÃO SER as tantas outras coisas, tudo isso acima, salvo as excessões.

Read more...

“As meninas são submetidas aos casamentos prematuros para responder as necessidades da família”

Num encontro marcado pelo MISAU, sob orientação da Repartição da Saúde Escolar e do Adolescente, meninas preparadas para o trabalho de activismo em SSR afirmam estar dispostas para encarrar o trabalho e, com vontade de fazer mais pela sociedade, uma vez que acreditam que um dos maiores problemas que afecta o mundo é o HIV/SIDA, que em Moçambique o índice está em 11.5% de prevalência. “As meninas são submetidas aos casamentos prematuros para responder as necessidades da família, o que também aumenta o número de infecções, porque na maioria dos casos elas casam com homens acima dos 20 anos, como fonte de rendimento à família”, afirmou uma das participantes. Casamentos Prematuros, consumo de alcoól e de drogas são os principais temas que os activistas propõem-se a desenvolver nas comunidades.

Read more...